domingo, 28 de setembro de 2008

Fofoquinhas na humanidade

Continua frio e chove pacas. Acabei desanimando de ir no Festival do Rio. Deixa pra semana que vem.
Fui cortar o cabelo ontem e fiquei atenta às conversas de um salão de cabeleireiros. Quando me dei conta o único assunto das pessoas naquele recinto era - vida alheia! Por um momento fiquei condenando os papos, mas depois bateu a tal da culpa. Ora, mas será que fofocar é pecado? É tão freqüente associarmos fofoca com algo negativo e olhando por outro lado, não é bem assim. Têm uns pesquisadores alemães que concluiram que a fofoca ajudou o ser humano a evoluir (éééé!). Desde que há comunicação, há fofoca! Estudos já comprovaram que 2/3 das conversas são voltadas pra vida dos outros. Os reality shows tão aí pra provar como a vida alheia dá ibope. As revistas de fofoca (que também imperam num salão de cabeleireiros) vendem que nem água no deserto. Estamos falando dos outros o tempo todo sem nem perceber.
Dizem que a fofoca é algo que pode ser nocivo, principalmente quando passa dos limites e prejudica a vida de alguém. Mas uma fofoquinha de leve pode ser feita, sem culpa.
E você, já fofocou hoje?



Fatalmente eu não tenho uma boa fofoca pra fazer, mas se quiser procurar uma:
http://ofuxico.terra.com.br
(na boa, aposto que você acha algo melhor pra fazer ;D)

18 comentários:

Marta disse...

E quem não fofoca???
Adorei esse seu blog, muito bom!
beijos

vitaomedeiros disse...

realmente, a jennifer anniston esta com uma bela forma.

vitaomedeiros disse...

o nome da fernanda montenegro eh arlette!!!

Nilo Matos disse...

As mulheres, nos salões de beleza, são mais dependentes dos tratos em mãos, pés e cabelos, ou dos ouvidos e bocas (fofocando)?
:-D
beijos,
Nilo

Marcel Vieira disse...

Imagina então o que os alunos não devem fofocar sobre seus professores, hein????

Clarisse Fernandes - Editora disse...

fofoca é a alma do negócio

anjinha disse...

Laura, você é muito especial!!!

Clara Anastácia disse...

Laura devido a chantagem da minha vinda ao seu blog (fazer um filme do vitão!!)o meu comentario é:
nossa adorei vai virar um dos meus blogs preferidos!
Em relação ao festival de cinema, HUW Quero ir em todos os filmes que niguem está me aturando mas...

E em relação a fofoca:
AH... o fuxico não tem graça alguma
o big lance é ler o meia hora com suas charges de pessima qualidade falando sobre a vida dos jogadores de futebol (ronaldo fenomeno...)
e o EGO da globo que fala sobre a ultima da Peris Hilton... Acredite tem pessoas que ganha muito dinheiro com isso (¨¬¬)

beijos!

obs: ai vou falar sobre a fofoca no meu blog!

desmond disse...

bem, quando se trata de uma estoria verdadeira, nao vejo tanto problema assim. complicado é quando a fofoca te difama.

a fofoca incomoda tanto as pessoas por medo. pq se elas fizerem algo 'errado' escondido, alguem pode contar pra outro algum que nao pode saber. daí o medo.

Gorilla Kid disse...

blog maneiríssimo.

Anônimo disse...

E ainda dizem que fofoca é coisa de mulher, fofoca é coisa de ser humano.hahaha.

:)

Lara-Larissa disse...

fofoca só é fofoca quando é pra falar mal... se é pra falar bem é comentário, artigo, nota etc. aí pode, né?!
"falem mal, mas falem de mim!"
ahahahhaha

beijo!

Anônimo disse...

uia, que legal, seu blog, hein menina.
poderia eu, linkar-te no meu coisa log?
anyway, já linkei ^^
=***

Vanessa disse...

Laura,
preciso aprender com você umas técnicas de marketing para blogs!
Olha só...bombando isso aqui, hein minha filha!kkkk
Curti o post!
Dizem até que a bíblia é uma grande fofoca!e num é?rs...
beijos

Willian Nogueira - Diretor e Roteirista disse...

fofoquei dois minutos antes de ler esse post...

Martinho disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Martinho disse...

Eu gosto mesmo é de passar pelas pessoas na rua e só ouvir um trecho da conversa, pra imaginar o contexto. É um esporte divertidíssimo!

"Nunca dá tempo, eu tenho que ir na academia, depois fazer as unhas, chapinha." (Garota no campus da Federal do Espírito Santo, sobre PENSAR.)

"Esse tipo de coisa tem que falar mais sutilmente, nas estrelinhas..." (Rapaz intelectual na rua, sobre CONTAR À SUA PARCEIRA QUE TEM AIDS)

"Não pode começar na frente, tem que começar sempre por trás." (Dois rapazes conversando sobre... bem... deixa pra lá.)

Anônimo disse...

gostei do blog! Bem escrito!!!!